BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

"CAOS" (3º LUGAR) E "PERDE-TE NAS LETRAS" (4º LUGAR) NO CONCURSO DE ESCRITA CRIATIVA - SEMANA CULTURAL 2015 (FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA)





CAOS


Nós, seres desumanos

Deixamos que a sofreguidão do momento
Se apodere do corpo
Desprezamos as cúmplices migalhas 
E os beijos do sol em manhãs sorridentes
Preferimos apertar a chuva miudinha 
Dar as mãos por fugazes interesses
E lavá-las em águas injustas…



Nós, seres desumanos

Trocamos olhares como quem faz do engate 
Rotina diária para a sobrevivência
Lambemos a cobardia e o medo 
Alimentamos as barrigas cheias 
E as aparências contrafeitas
Somos desgraçados porque
Preferimos a raça que nos destrói…



Nós, seres desumanos 

Continuamos em falta connosco próprios
Falta-nos percorrer a vida
Falta-nos abraçar a essência
Falta-nos o ato mais nobre de todos: Amar!

-----------------------------------------------------


PERDE-TE NAS LETRAS

Perco-me no âmago das letras
E
ncontro-me no calor do teu abraço
R
asgo quimeras que atravessas
D
escobrindo-me, passo a passo
E
ntendes a palavra amor e s-o-l-e-t-r-a-s

T
udo o que sentes e tens para (me) dar, sem
E
nigmas prosaicos nem rascunhos poéticos

N
ão desvendas a mais ninguém
A arte
dos nossos corpos simétricos
S
imbiose perfeita que encaixa tão bem

L
onge de olhares rabiscados de maldade
Escrevemos
o presente numa folha solta
T
rocamos sorrisos que vencem tempestades
R
endemo-nos ao mundo à nossa volta
A
preciamos o toque das mãos e a sinceridade:
S
ão esses instantes que valem a eternidade.

sábado, 17 de outubro de 2015

PARTICIPAÇÃO NO EVENTO "MUNDA LUSÓFONO - ENCONTRO LITERÁRIO DE MONTEMOR-O-VELHO" - TERTÚLIA POÉTICA - 10 DE OUTUBRO 2015


Realizou-se no passado sábado, dia 10 de Outubro de 2015, no âmbito do "Munda Lusófono - 2° Encontro Literário de Montemor-o-Velho - Especial Freguesias", a Tertúlia poética com os autores Dinis Muacho, Jessica Neves e Diogo Xavier, na Junta de Freguesia de Arazede. 


Os autores, da esquerda para a direita: Dinis Muacho, Jessica Neves e Diogo Xavier



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...