BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

CÁLIDAS METAMORFOSES





Quando vens sem aviso

E te apoderas de mansinho

Dos meus íntimos pensamentos

Dom(in)as o meu corpo

Com toques pecaminosos intensos

De gula, luxúria e ousadia

És violino louco que dedilho

Sem abrandamento e cada vez mais

Me seduz descobrir-te

Nu(m) desassossego eloquente

Em gestos que se demoram

Em cálidas metamorfoses

Somos cega entrega sem calma

Que aquece todos os recantos da alma



12.02.14
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...