BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sábado, 11 de janeiro de 2014

GRITO DOS GESTOS




Há o grito dos gestos
Incrustado no silêncio da solidão
Ruídos modestos
Arrufos de mãos
Que não se dão…

Há o grito dos gestos
Perpetuado no cálice das mágoas
Cigarros funestos
Não dão tréguas
Em poluídas águas…

Há o cume dos desejos
Amarrado ao ontem d’agora
Cálidos ensejos
Vazio sem hora
Tempo que demora…

Há o cume dos desejos
Abraçado ao sonho d’esperança
Promessas entre beijos
Suor sem mudança
Desequilíbrio da balança…

11.01.14
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...