BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

SINAIS - DUETO JESSICA NEVES E EMANUEL LOMELINO



Se na vida atingimos a glória
Através das batalhas travadas
Algumas metas conquistadas
Jamais nos ficam na memória.

Se a vida, por si só, é vitória
P'lo sucesso das empreitadas
Não serão vitórias alcançadas
Um sinal de conquista ilusória?

Se no tempo perdemos tempo
Através dos relógios alterados
Alguns roteiros são evitados
Sempre nos trazem desalento.

Se o tempo, por si só, é momento
P’lo que se vive sem (se) viver
Não será o que acreditamos ter
Um sinal soprado p’lo vento?




17.11.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...