BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

NA RAIZ DO VERBO AMAR






Troco o folhear do livro
Pelo enlace das mãos 

Raízes envolvidas

Em carícias que se completam…



Troco a leveza da noite

Pelo conforto do sorriso

Poisado no peito desnudo
Após a gula do prazer…



Troco a inocência do olhar

Pelo arrepio do beijo

Na cadente despedida
Do teu corpo (n)o meu…




Se posso ter

O folhear do livro

A inocência do olhar
A leveza da noite
Na raiz do verbo Amar
Não há razão para trocar
O que está poeticamente 
Destinado a se encontrar!



08.10.13


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...