BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sábado, 28 de setembro de 2013

VENTOS
















Descem persianas
Gotejam lamentos
Sussurros amarrados
Às pontas dos ventos
Uma luva que cai
Numa cirurgia acelerada
A máscara que s’esvai
C’a verdade esbofeteada
Um homem com sede
Suplicando guarida
Um coração sem rede
Ferindo a carne despida
Um olhar com pressa
De alcançar a vida
Um passo que cessa
A meio da investida
Uma carícia estendida
A uma alma de luto
A promessa cumprida
Gera árvore de fruto
O sorriso roubado
No seio dum beijo
Traz fel anunciado
Ruptura que prevejo.

28.09.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...