BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

DUETO TERESA TEIXEIRA E JESSICA NEVES - ENTRE O CHÃO E A ASA



























Parto,

Arrancando de mim despojos que me enraízam,
Resgatando do ventre sinais de promessas vãs
Procurando cravar na pele sonhos que enfatizam
As linhas do horizonte bordadas a ouro e lãs…

Parto,
Sem querer lembrar de mim, se sou ou se já fui
Se fico, se vou, se me partiste ou me chegaste,
Se este adeus é vil virtude que me prostitui
E me retorna ao pecado por que me choraste.


Ensaio…
Ainda há caminhos e estações
A percorrer, no fio de horizonte 
Que me entretece sensações
De sol indeciso, entre o vale e o monte...


Ensaio...
Tudo e coisa nenhuma,
Com um grito que me acalma o ego 
Desfilo leve, indómita pluma, 
Ao repouso suave do meu aconchego.


22.05.13




Teresa, sabe cada vez melhor este enlaçar de palavras!

Obrigada! Um beijinho enorme de poesia e admiração no coração que sei enorme *
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...