BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

domingo, 12 de maio de 2013

RAÍZES DO DESTINO - DUETO JESSICA NEVES E ANA COELHO




(Ilustração do querido poeta além mar Nivaldo Ferreira)



Hoje deitei as cordas ao rio
Sorri de mim, sem querer
Pus de lado, tod'o arrepio
Que me consome por não te ter...

O sal do olhar é uma maresia vazia

Uma (in)quietude latejante
Que grita silêncios nas brumas
Do nosso tempo...aquele em que te sorri...

Aceito a partida do sol por momentos
Na ausência da pele embrulhada
Nada m’adormece os sentimentos
As noites de lua cheia continuam adiadas…

O teu pulsar é permanente

São as raízes do destino 
Que se dobram em nós...com garra
Beijos e afagos lunares que nada nos vai roubar...

O que o fado (quiser) separar
Nossos corações hão-de juntar
Nem que se desdobrem em mil caminhos
Saberão escolher o seu (melhor) lugar.

11.05.13

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...