BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

FUGA - DUETO TERESA TEIXEIRA E JESSICA NEVES






















Não sei se chame fuga à iniciação do teu voo.
Antes um golpe de asa, um reflexo encandeante,
Uma réplica inesperada do impulso que te sou,
Um querer ir mais alto, mais distante,
Ser, enfim, livre – de voltar ao céu que te gerou!


Meu pássaro azul, minha certeza,
Que a aventura é risco e é beleza!

Não sei se chame bênção à força que te levou
Antes uma ferida no peito, uma dor penetrante,
Uma cama fria com um lençol que a desmanchou,
Um desalento em mim, num desfiar revoltante,
Ser, enfim, sem ti – sem o aroma a que o teu corpo me habituou!

Meu castelo desfeito, minha pobreza,
Que o fado é curto p’ra tanta tristeza!


Só sei que com meus braços nus ainda vou
Cobrir de flores, em equinócios de amante,
Sempre esperando o amor pródigo que ditou
Ser eu a árvore que escolheste para doravante
Folheares, aprendendo com o vento que passou!

Meu poema alado, minha destreza
Que o amor é a maior fonte de riqueza!


28.04.13



BLOG DE TERESA TEIXEIRA:
douroumpoema.blogspot.com

OBRIGADA TERESA!
Adorei mesmo de coração este dueto!
As nossas partilhas poéticas estão cada vez melhores! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...