BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

DUETO TERESA TEIXEIRA E JESSICA NEVES - O POEMA DA NOSSA NOITE



















A luz escondeu-se nas velas duma falua
E a noite correu, solta e nua
Pela praia, chorando adeuses
E saudades.

Eras tu aceso na minha memória
Entre queixumes e lençóis de glória
Pelo areal ferido, pousava embalado
O passado.

E as ondas, doces
Diziam-te que não fosses,
Que não fosses
Que não fosses...
E se me enlaçasses?!
Pedia-te só que ficasses,
Que ficasses
Que ficasses…

Um pouco
Mais…
O amor é louco
Lutar nunca é demais!...

Ah, mar que me roubaste o lírico canto,
Deixa-me nas águas o reflexo
Do sol que inebriámos!


Ah, sal que nos roubaste o encanto,
Deixa-me sair deste poema sem nexo
Depois do céu que despedaçámos!


17.04.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...