BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

BÚSSOLA DO TEMPO



















No deserto das minhas mãos
Só cabe
A limalha vagarosa da noite
Com que rasgo a alma e o ventre…
Estende-se pelo lado esquerdo
À sombra da pele
Um sorriso manchado com água ardente…

Cegamente
Cumpro todos os segundos de oração
E deixo que a bússola do tempo
Desfaleça debaixo dos meus pés
Sob a aridez que se compõe no momento
(…Se foste, já não és!)

No deserto das minhas mãos
Há uma escada de areia por percorrer
Rumo ao toque
Descompassado do coração…

Silencio-me.
(Porque é meu dever…)
Anseio o beijo demorado do dia
E aguardo
Que se cumpra a poesia!

22.03.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...