BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quarta-feira, 20 de março de 2013

DUETO RICARDO CASTRO ALVES E JESSICA NEVES - AURORA





















Não me rendo à tua luz amor
Nem ao sabor que o teu corpo terá
Sou de ti, sou por ti
A vaga da noite que vem na maresia
Mesmo que a voz fraqueje
Nas horas em que necessitas de me ouvir…
Este bem-querer, de te ter perto, de te sentir
Este amor já não é de agora
…Já te amo tanto d'outrora!

Sem te beijar nem sentir aqui em mim
Imagino-te vinda no sereno da noite
A escorrer-me pela pele adormecida
Como se fosses um beijo infinito
Mais que pedaço de vida
A recitar-me versos mornos
Com pitada de lua cheia, ao ouvido…

Canta-me a aurora
E entrega-me o rosicler dos teus olhos…
Ama-me agora
Antes que o mundo acorde
E te confundas com a multidão que não tarda
Em querer apagar o nosso lume.


13.03.13

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...