BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 18 de março de 2013

DUETO TERESA TEIXEIRA E JESSICA NEVES - A TUA SOMBRA (N)A MINHA LUZ



Ergam-se as vozes, na reanimação do ser...
A orientação que me resta é a geografia cega dos corpos
O deambular da pele, nos caminhos da procura
A face rasgada pelos sussurros dos lábios ao vidro baço
Na fuga das palavras em contratempo, a ânsia da cura 
No (meu) conforto que se estende ao teu abraço…


Meu amor, os sentidos são únicos,

Estou aqui,

(Ainda) estou aqui, na sombra da tua sede
Que me impede
De partir de ti...



À parte de nós, só o cálice vazio

Trai uma pobreza desmedida:

A sós, algures num lugar sombrio
Alguém reluz sem reflexão prometida!



Dentro da minha voz, o calor que irradio

Atrai-te, na certeza consentida

Que, entre nós, o amar será pavio
Além do sim, além do não, além da vida!



De berço, tenho a herança crente e forte

Da tua sombra (n)a minha luz

Da sorte, do norte 
Do aroma que seduz
Do fio condutor
Do maior poema do mundo: 
O Amor!

11.03.13




Para mim, um dos nossos melhores duetos Teresa!
Mas sou um bocadinho suspeita porque adoro poemas de Amor :) ****
Obrigada por esta bela partilha!
Adorei o resultado final!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...