BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 15 de março de 2013

(DES)GOVERNAMENTO





O governo é um trapalhão
Só sabe é mal (co)mandar
Talvez a melhor solução
Seja mesmo o pessoal emigrar!

Aqui não se aprende nada
Quem sabe é só o menino rico
A pobre da carteira azarada
Nem sequer mete o bico!

A amiga Troika
Dá(-nos) cada moca
…De cocaína
Ou será heroína?

Ó governo e tu?
Que andas a fazer?
Deixas o povo nu
Vai-te mas é foder!

Oh!... Que desigualdade esta
Que (cor)rompe sem fronteiras!
Traz o copo amigo, vamos pr’a festa
Apanhar umas belas bebedeiras!

Ai que dores! Estamos tão mal!
Onde para Portugal digno?
Achas que isto é (o nosso) Portugal?
Quando recupera(mo)s do tumor maligno?

Oh! Que grande e rica teia
(N)esta sociedade interesseira!
Eu cá continuo com a minha ideia:
A solução é rir desta brincadeira
(E apanhar uma bebedeira!)

13.03.13





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...