BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 11 de março de 2013

RICARDO CASTRO ALVES, ANA COELHO E JESSICA NEVES - GUITARRA RENDIDA, D'ENCANTO

















Faço-te num fado

As tuas linhas, todas, do corpo
De pau santo, generosa e presumida
Guitarra rendida, d'encanto
Em teus olhos reluzentes, esbatido...

Ao som das cordas da guitarra
Choram viúvos os olhares 
No deserto a cor de uma viagem
Onde se perdem os acordes 
Num instante clamor


Olho em teu redor
Divago em cada traço
E perfumo-te com a minha essência
De poeta velho, angustiado
Por não conseguir fazer deste espaço
De todos os lugares do mundo, o mais apaixonado...


Abusa da minha paixão
Usa o excesso que há em mim
E enxovalha as pautas que sigo como cânones
Sou o desdém do amor
Sou quem mais te toca e apela ao esconder de tal perfeição
Como se fosses a alquimia que procuro…


Reclama as notas musicais
Que caem dos meus lábios como absinto 
Aperta-me em gestos suaves 
Dança comigo em palavras
Na loucura dos enamorados
Onde os mapas se lêem dentro do silêncio

Porque em uníssono
Em silêncio
Somos tudo!


03.03.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...