BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

DONA DE MIM - DUETO YOHAN SANTOS E JESSICA NEVES


Ela não escolhe
Apenas me aprisiona
Não sei ao certo
Que poder

Sem pudor tem essa 'dona'…

Causa dor, sofrimento
Essa certeza que machuca
Que é impossível compreender
Que nos conduz ao firmamento

Mas porquê?
Gostaria de entender...

O aperto, as lágrimas, a aflição
Assim que ela se mostra
Traz consigo a solidão
E nada mais demonstra…

Eu sou mais um trapo engelhado
Que dos pingos da chuva s’alimenta
O vento sopra-me, atira-me pro lado
Traz-me o sabor amargo da pimenta!

Quisera eu um dia entender
O que faço aqui, neste mundo
Mas acho que vou sempre viver
Neste clima de sono profundo
Onde a verdade jamais se descose
E esta dona de mim 
É a maior dose
De sofrimento sem fim!

06.02.13

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...