BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

GRITO DE SENSAÇÕES - DUETO JESSICA NEVES E ANA COELHO




Cai em meus olhos a noite

A luz do dia recolhe-me
Encosta-se a um corpo vazio
Com a marca dos teus lábios…

Areias soltas numa ventania
Com a maresia a estender poeiras
Nas pontes onde os pontos se separam,
Agitam-se as águas com marcas salgadas...

E o mar solta o teu nome a negrito

Num grito que me toca e destrói
Não sei mais se o vento sopra
Para fortalecer ou apagar o que já foi…

Esvaziam-se as folhas caídas

Em letras com nome, libertam as hesitações
Recaem no olhar as quimeras concretas
Onde a voz do poeta nunca se completa…

É nesta tortura misturada de sensações

Que me desdobro em passos lentos
Certezas só tenho esta: as emoções
Causam tantas vezes arrependimentos!

Quando o arrependimento faz compartimento

No cerne do coração, a alforria é a melhor comoção
Para trazer de novo a luz da noite ao dia 
Na eterna companhia das aragens em confraria!


                                                                     
                                                                     30.01.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...