BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

ONDE OS GESTOS SE ABREM - DUETO ANA COELHO E JESSICA NEVES



Escreve-me com palavras silenciadas
Onde os gestos se abrem
Como a luz fervente da criatividade
Faz do meu olhar o teu poema
Onde nada fica sem tema no viver pleno…


Arrasta-me com o silêncio da tua voz

Até à poderosa atmosfera dos sonhos
Onde somos um só e é possível tocar o céu!
Quero divagar no afago da tua pele
Ser-te poesia
No toque suave entrelaçado de versos
No universo coberto de paixão
Onde os inversos se cantam
Em metáforas realizadas pelo refrão
Expelido pelo coração…



Perde-te em mim

E deixa que seja eu a encontrar-te
Não me peças para descobrir o fim
Deste sonho perfeito que me cresce nos olhos
E que me obriga a amar-te!



24.01.13


Obrigada Ana,
por mais um hino à amizade e à cumplicidade!
Venham mais!

Beijinhos de poesia na alma e no coração *****
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...