BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

DUETO JULIA PAIXÃO E JESSICA NEVES - MÁSCARA




Em que recantos te deitas?

Que este mundo empalidece
Por ti que distas e não emanas o sentir
Recital de estrelas, dança delírio
Deste momento senil em que não existe aqui…


Escondo-me
Entre a nuvem das palavras
E a melodia morna da noite
Na máscara do sorriso
Que poiso no teu olhar…


Deixo versos à tua porta
Para que me possas ler em silêncio
Sem que me denuncies...



Da soleira te ergo eu
Mesmo fugidia
Nesse teu esmero de palavras
Cheias da paixão que te arrepiam a certeza
E incandescem um princípio de fim



Escondo-me
Outra vez
(Oh, tanta vez!)
Atrás de mim
Atrás de ti, até...
Neste deserto de amargura sem fim
Em que só a poesia me embala e me põe de pé!



Desculpa-me
Nunca ser quem sou
E ama-me
Mesmo assim.



Não te recuso perdão

Porque essa máscara nada teme em ser assim
Já te amo de ainda agora em todas as faces
Mesmo a sapiência dos dialetos em teus versos
Pra que sejas tu a poesia que te embala e levanta…


10.01.13
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...