BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sábado, 18 de agosto de 2012

MENINA DO MAR **


O sol à tardinha beijava-lhe o rosto
Enquanto bebia o aroma do mar
Como se tratasse de um saboroso mosto
Sentia uma quietude
Que a fazia levitar
As ondas batendo levemente sobre as rochas
Eram melodia na sua plenitude
Passeavam pelos seus dedos, conchas...

Ao pisar o areal, o seu peito aqueceu
E feliz, (re)pousou na toalha, o corpo adormeceu...
Deixou que anoitecesse
E que o sol à lua cheia cedesse
O olhar
Só assim poderia avistar o (seu) mar...

Anoitecia tantas vezes daquela maneira
Que ela se esquecia quem um dia fora...
Com aquela melodia ao ouvido, tão ligeira
Esquecia o tempo, esquecia (d)a hora...

Doce Menina do Mar
Não queiras acordar
Desse (teu) sonho
Risonho!...

Se um dia alguém te perguntar:
"- Porquê?!"
Sussurra apenas:
"- Sou a Menina do Mar!..."

17.08.12

** Dedicado à amiga Rosa Fonseca

Obrigada pelo carinho, pela partilha e acima de tudo pela amizade!

Beijinho amigo,
Jessica Neves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...