BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

(NÃO É FÁCIL) ESCREVER PARA TI


Escrever para ti…
É encher de brilho meus olhos
Com o suor que me escapa da mão
É dar-te ramos de rosas aos molhos
De quantos afetos habitam meu coração!

Escrever para ti…
É murmurar o que penso
Do amor que trago no seio
Somos um todo imenso
Sem nada no nosso meio!

Escrever para ti…
É repousar o pensamento
Em laços moldados ao peito
É querer(-te) mais que o momento
Em que és meu sonho perfeito!

Escrever para ti…
É dar-te o melhor de mim
Em linhas nossas, sentidas!
É caminhar sem olhar o fim
Como meras recordações vividas!

Escrever para ti…
É o meu fiel eco
Um grito de emoção
Contigo eu peco
Esquecendo a razão!

Escrever para ti…
É (d)escrever-te como és
Escrever para ti…
É amar-te da cabeça aos pés!...
Quando penso que mais um poema se fez
Dizendo(-te) a verdade, menti…
Curvo-me perante minha pequenez
Não é fácil escrever para ti!
28.06.12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...