BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

QUERIA SER(-TE) TELA - DUETO ROSA FONSECA E JESSICA NEVES


A tela sem cor,
Esquecida tinha
No seu íntimo a palavra amor
O sonho secreto
De ser por ti rabiscada
Meu amuleto eleito
Ser tatuada
Ser arte...
Ser(-te) uma parte
À tardinha, cor de mar
Beijar(-te) ao brilho do luar
Adornado de fios coloridos
De contas douradas
Em rostos embevecidos
Peles banhadas em mel, entranhadas
Ser o leito repousante macio do entardecer...
Ser lentamente a chegada da noite nua
Onde me afogo sem pressa de adormecer
Em que és meu e eu sou tua
Num afago de encontros sem medos
E promessas de uma aurora resplandecente...
Tudo é transparente
Sem segredos…

Queria ser(-te) tela
Para antes de te amar
Baixinho, poder pintar
A rosa rubra mais bela!…


16.06.12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...