BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sábado, 5 de maio de 2012

(MORDEM-ME) VERSOS DE LÁBIOS SECOS


Selvagem, busco incessante mil caminhos
Aos soluços oscilo loucamente entre becos
Deito-me nas trevas destes pergaminhos
Onde me mordem versos de lábios secos

Encontro-me onde tantas vezes me perco
Arrasto-me, lambo com prazer o alcatrão
Mendigo no calvário em que me cerco
Sabe bem a dor ao pisar forte o chão

Sou eu quem chefia toda esta guerra
Prefiro ser sozinha do que ser tua
Já atingi o mar, pisquei os olhos à terra

Já fui pedaço de céu acariciando a lua
Hoje sou nó de gravata que encerra
Uma existência que cada vez mais mingua!

05.05.12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...