BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

AMO-TE HOJE



Amanhã poderei não saber distinguir o céu do (a)mar
Se tão puro é o que teus olhos revelam a toda a hora
Não saberei das searas que engravidam o teu olhar
Não quero amar-te amanhã, prefiro amar-te agora

Amo-te hoje, amor…
Para ti amanhã será sempre tarde
As palavras poderão já não chegar
E o amor cairá num peito cobarde
O nosso poema não irá mais rimar

Amo-te hoje, amor…
Porque hoje sei (d)o sopro que te move
Da tempestade que te toca e me comove
Tudo o que te dói em mim também chove
E só hoje ao ver-te sorrir me sinto in love

Amanhã poderei já não contemplar o sol vermelho
Nem sei se as estrelas ainda estarão no mesmo lugar
Tens a certeza que serás o meu reflexo no espelho?
Ou meus olhos terão de poisar noutros para caminhar?

Não sei, não sei
Se te amarei.
Por isso, amo-te hoje
Se te sinto bem perto
E não te quero longe

És o meu livro aberto.

15.04.12
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...