BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

terça-feira, 13 de março de 2012

CRISES EXISTENCIAIS


É tão mais fácil estar d’olhos fechados
Escrevo tanto e só me doem as pernas
Passo dia e noite de braços cruzados
O que eu tenho são só umas crises internas!

Este incompetente sabor a nada
Esta tentativa d’alma fracassada
Oh que febre fria, que quente (ar)dor
Quisera eu entender o que se passa em meu redor!...

Será sangue, chuva ou vento vagabundo
Numa página em branco riscada?!
Oh, como desejo o coma profundo

Salvem-me desta vida assombrada
Façam-me asas, o exílio acabou
Deixem-me ser já que não sou!

12.03.12

MAFALDA VEIGA - IMORTAIS
http://www.youtube.com/watch?v=_A2f5wEA4kI
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...