BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 9 de março de 2012

SABOR (D)A TERRA MERECEU DISTINÇÃO NO CONCURSO DE POESIA NA BIBLIOTECA - Biblioteca Municipal de Condeixa


SABOR (D)A TERRA

(De)calco a terra em plena noite de tempestade
Passeio em teu corpo revestido em mel e flores
Sinto teu aroma em folhas d’orvalho e liberdade
Desfolha-se o malmequer e sei dos seus amores

Rodopio em chamas ao compasso da lua
Que traz tod’o esplendor do sabor (d)a terra
Prata, bronze e ouro em nada mingua
O desejo a dois a nevar no cimo da serra
Sopra a tempestade os cabelos ao vento
Num tango abraçado em água cristalina
O carrossel sensual dança a tod’o momento

Traçado pela cigana que já previa a sina
Une palma da mão rasgada à outra palma
Sabor (d)a terra em cada (re)canto da alma.



O poema "Sabor (d)a Terra" que apresentei no II Concurso de Poesia na Biblioteca, 2012 mereceu distinção por parte do júri deste concurso.
Assim, e conforme o Regulamento, será editado em publicação a lançar no próximo dia 21 de Março, pelas 18h, nesta Biblioteca Municipal na sessão de entrega de prémios.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...