BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quarta-feira, 7 de março de 2012

QUANDO AMANHECER TEU ROSTO (EM MIM)


Quando amanhecer teu rosto
Nos meus olhos em flor
Do teu sorriso beberei o mosto
Nas horas de maior calor.

Quando amanhecer teu rosto
No meu peito em flor
Logo saberei de cor
A mais linda manhã d’Agosto.

Quando amanhecer teu rosto
Nas minhas mãos em flor
Terei dos teus lábios o gosto
Entre beijos doces colho teu sabor.

Quando amanhecer teu rosto
Na minha pele em flor
Já as asas da paixão terão
Escrito no céu a palavra amor.

Quando amanhecer teu rosto
Em cada pedaço de mim
Já terei fogo posto
Em cada (re)canto do nosso jardim.
06.03.2012

      LIVE - OVERCAME

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...