BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

QUEIMANDO PESTANAS

Nem o sol queimando pestanas me veste de paisagem
Amarro versos às so(m)bras das noites sem exemplo
Neste meu farejar constante de animal selvagem
Assobio aos Deuses para que me ergam um templo

Tenho um relógio de chuva a tilintar na minha cabeça
Trago nos olhos ácidos um rumor aceso da tua boca
Ao peito batida agitada que m’impede que adormeça
Mordem-me poemas nesta sede que me devora louca

Se me despes a alma despe-me também a pele, leve
O momento em que se une a areia com o sal do mar
Tocam-se os corpos num só abraço em cruz, breve

Pudesse eu o nosso amor de anil em fogo pintar
De quanta tinta escorre p’lo aperto qu’em mim ferve
Não teria qualquer dor na alma de tanto te amar.


THE GIFT – PRIMAVERA
http://www.youtube.com/watch?v=s7MqFg_luzM 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...