BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

TRAGO UM POEMA NO BOLSO


Trago um poema descalço no bolso
Que me atormenta a tempo inteiro
Versos resmungados que só eu ouço
Que teimam em não arder no cinzeiro

De pedra em pedra soletro solidão
Num negro olhar desmaiado em itálico
Ao sorriso ao lado peço-lhe perdão
Não sei dar mais que um riso metálico

Oh, semente que não brota da terra
Que se consome a sete pés da vida
Mágoa que em mim tudo encerra

Nem uma lágrima no rosto colorida
Nem sei de mim nem quero saber
Um dia talvez, me venha a apetecer!...


24.01.12

BRITNEY SPEARS - EVERYTIME
http://www.youtube.com/watch?v=8YzabSdk7ZA&ob=av2e
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...