BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

AMA-ME


Ama-me
Traz rosas mornas em teu peito
Deixa que se moldem à minha mão
Declama o poema a que tenho direito
Provoca em meu corpo, erupção

Ama-me

Sem vestes, sem destino ou razão
Com o olhar, com os lábios e a pele
Porque o amor não pede explicação
Pede sim uma paixão a dois, fiel

Ama-me


Entre as rochas, entre as ondas e o cais
Grita comigo os búzios à praia rasgada
Desperta em nós o chilrear dos pardais
Em pétalas abertas pela madrugada

Ama-me
Enfeita-me com lírios puros sem pressa
Rompe o sol no pretérito mais-que-perfeito
Onde se une o puzzle numa só peça
Rumamos ao céu do nosso íntimo jeito

Ama-me
Pelo fogo da noite ao ventre desperta
Pelas estrelas acocoradas ao luar
No laço qu’em teu pescoço nos aperta
E em tranças ousa o coração completar

Ama-me
No castelo rubro da tua fantasia
Assim mesmo, despudoradamente
Onde habita só a nossa maresia
Peço-te, ama-me simplesmente!


19.01.12

Sinéad O'Connor - Nothing Compares 2U
http://www.youtube.com/watch?v=iUiTQvT0W_0&NR=1&feature=endscreen

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...