BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

ESCADA OCULTADA



A escada molhada à noite dos meus olhos
Que vagarosamente me atrevo a escalar
É horizonte cego sem coloridos folhos
Que a trepadeira murcha se nega a trepar

Aos acordes do meu violino descompassado
Cospem arreliadas minhas cordas vocais
Num jardim repleto de odores ocultado
Sufocam-se as palavras às melodias banais

Pedem-me as asas da borboleta que lhes dê já a mão
Mas como posso aceder a esse gentil pedido
Se a fada madrinha me roubou a varinha de condão?

Pede-me o sol que sorria ao descampado do coração
Mas de tanto farejar já perdi todo o sentido
Recuso-me desconcertada a escutar a mesma canção.

08.01.12

CAT STEVENS – FATHER AND SON
http://www.youtube.com/watch?v=Q29YR5-t3gg
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...