BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

DEIXA-ME DIZER-TE (TUDO)


Deixa-me dizer-te
Porque sorriem as orquídeas no Outono
Se me aqueço do teu corpo no Inverno
 No paraíso a dois só tu és meu dono
Só no teu peito encontro o calor (e)terno.

Deixa-me dizer-te
Todos os passos de fogo que dá a Lua
Quando serpenteias louco pela minha pele
E te vestes da minha carne (a tua) nua
Se lavo o sorriso nos teus olhos de mel.

Deixa-me dizer-te
Porque só enlaço as minhas mãos com as tuas
Se nossos lábios se juntam num poema maior
Sempre que estou perto e nos meus braços suas
Gritando à tempestade não há sensação melhor
Deixa-me dizer-te
De que cor pintei as águas do Rio Mondego
Pela pureza ruiva que roubei ao teu olhar
No teu leito sinto o doce aconchego
Onde não me perco, só me sei encontrar

Deixa-me dizer-te
Corrigi o itinerário das minhas asas
Ao encontrar um voo de sol em teu redor
Ate(e)i a nossa paixão em plenas brasas
E no teu ventre tatuei a palavra amor

Deixa-me dizer-te
Não é coincidência ouvirmos a mesma canção
O que nos rodeia é mais do que terra, é (a)mar
Nunca te negarei o bater do meu coração
Porque só tu sabes como o completar!

Deixa-me dizer-te TUDO...
Num (só) verso mudo.
28.02.2012
VIDEO GAMES - LANA DEL REY (TRADUÇÃO)
http://www.youtube.com/watch?v=HFYzccdgj8I

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

(COM) ALMA E CORAÇÃO



Num tempo em que escasso é o sol
Palavras mordem-me os lábios
Arranham-me a garganta
Atormentam-me
Consomem-me
(Des)afinam-se versos
Rasgam-me a pele


Um dia alguém me chamou
“Poetisa dos versos d’alma”



Por isso, escrevo...


Mesmo sem papel e caneta
Abraço a poesia com Alma e Coração
E caminho de mão dada com a vida
Até em dias sombrios.


HERO - MARIAH CAREY

domingo, 26 de fevereiro de 2012

NASCEU-ME O DESEJO AO CANTO DA BOCA


Nasceu-me o desejo ao canto da boca
Num beijo qu’em teu peito nos (a)colheu
Ao tocar teus lábios ensanguentada e louca
Sedenta a minha carne à tua se (p)rendeu

Desafi(n)aram-se cordas entre puros gestos
Os lábios provaram-se tomando o gosto
Entoaram-se os corpos em tom de protestos
O olhar cedeu ao brilho embebido no mosto

A luz alumiando a pele quis-se acesa
Pela noite adentro acocorada em nós
Sorvete de morango foi doce sobremesa
Dum pôr-do-sol (cl)amado a uma só voz

25.02.2012

ROD STEWART – I DON’T WANNA TALK ABOUT IT
http://www.youtube.com/watch?v=ryZSZVmTzzM

sábado, 25 de fevereiro de 2012

QUIMERAS AO SOL



Oh, quando eu era criança
Trazia nos olhos quimeras irresistíveis
Plantadas ao sol bordado d’esperança
Quais os obstáculos temíveis?!

Fadiga, náusea ou saudade?!
Não! Quando o sonho é perfeito
Até à chuva se caminha em liberdade
Agora tod’o castelo está desfeito!

Em pedaços mil rasgos de fantasia
Prazer, ingenuidade, alegria?
Só a mágoa me preenche sem fim!
Se algum dia atingi a felicidade
Foi entre pétalas puras de jasmim
Hoje nem de farejar tenho vontade!


24.02.2012


FRANK SINATRA – MY WAY
http://www.youtube.com/watch?v=Aht9hcDFyVw


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

BANHOS DE MEL




Meu amor hoje não quero dar-te só o céu
Trago-te o sorriso lavado em banhos de mel
Meus lábios destapam teus olhos em véu
Minhas mãos nunca se despedem da tua pele

O mar batendo nas rochas provoca alarido
As conchas escrevem nosso nome na areia
Duas bocas tocam-se num cântico tremido
Renascer é querer o sabor até à última ceia

Murmuro-te ao ouvido: és só tu quem preciso
Mesmo quando todas as palavras se consomem
Em gestos de paixão arriscamos perder o juízo
Quem mais poderia querer senão tu meu homem?!

Derretem os olhos em lábios acesos num sorriso
Com o afago do teu corpo mil fantasias concretizo.


21.02.2012
BLONDIE – ONE WAY OR ANOTHER

http://www.youtube.com/watch?v=mFerLNdpwO4

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

MINHA INSPIRAÇÃO


Minha inspiração é como a Lua
Traz um verso
crescente
na alma
Por vezes
cheia, por vezes mingua

Mas sempre se re
nova e me acalma.

13.02.12

SEMISONIC – SECRET SMILEhttps://www.youtube.com/watch?v=VCFQy8lnkfg

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

CACHOS DE TERNURA


Traz-me nos teus lábios num beijo de luas
Acende o nosso peito em cachos de ternura
Lava-me a pele com a tua em águas nuas
Em plena Primavera somos fonte de loucura

Um abraço teu cala até a pior tempestade
Toca-me olhos nos olhos amando-me assim
Se um dia te pedi para caminhar em liberdade
Hoje faço das tuas mãos as minhas, laço sem fim

A tua voz (cl)amando-me ao ouvido é arrepio
Soltam-se ao vento rasgos de pura melodia
Transbordam sorrisos loucos no seio do rio

Completa-se o puzzle em pedaços de poesia
Crescem desejos tatuados nos corpos em calafrio
Se te declamo um verso de amor em fantasia.

21.02.2012

            WHITNEY HOUSTON – THE GREATEST LOVE OF ALL
http://www.youtube.com/watch?v=IYzlVDlE72w&ob=av2e

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

DO(RM)ENTE

E se minha alma ao compasso da carne ferve
Mordo a língua em cegas tiras de inquietação
Doença triste que o deserto sombrio me serve
Só um corpo amorfo me cabe na palma da mão

Sou renda desafinada tentando arranhar sedas
Ferida incurável em pele do(rm)ente
Aos olhos em cinzas ardendo entre labaredas
Quisera eu um dia neste mundo ser gente

Oh quimera ingénua, pureza de criança
Entre montes e vales havia um olhar risonho
Soltava-se a voz em timbre de esperança
 
Porque é que acordei daquele belo sonho?!
Arrepia-se a garganta, tenho foles nos dedos
Vendaram-me os olhos, tropeço nos meus medos.

20.02.2012

HAVE YOU EVER SEEN THE RAIN – ROD STEWART
http://www.youtube.com/watch?v=2oX2FSv4Rys&feature=endscreen&NR=1


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

VOO DE FOGO



Há na noite um corpo que me apazigua
Mais que o brilho áureo dos olhos da lua
É o sol que bebo que ateia em mim o desejo
Num voo de fogo atinjo leve teu beijo

Tens os lábios húmidos em batom de sangue
Não me canso desse sabor louco, exangue
Se tuas mãos tocam minha face de (sor)riso
Descendo sem norte até às curvas do paraíso

Papoilas enchem os olhos rubros da ilha
Ao colo de mil aromas em flor e partilha
Abundante natureza em campos de rega
Prazer, amor, paixão, calor, entrega

 Os lábios, os dedos, a pele a flutuar
Dois pedaços rendidos ao (a)mar…

20.02.2012


WONDERFUL TONIGHT - ERIC CLAPTON
http://www.youtube.com/watch?v=NaMuBX4aMmw

domingo, 19 de fevereiro de 2012

A MÁSCARA




Deixa-te de enfeites
Se te vestes de Carnaval
Nem que ao sol te deites

A máscara de rosto te vale


Folia, confetis e serpentinas

E um traje sujo para o desfile

Nem com mil palavras finas

Te encaixas no perfil

Trazes nariz de palhaço
Tentas fazer malabarismo
Ao pescoço aperta-te um laço
Logo te abalas com um sismo

Bem sei, bem sei o que isso é
Sempre que queres sambar
Mal te consegues pôr de pé
Com tanta maquilhagem a disfarçar


A dança da vida é outra, acredita

O melhor disfarce de Carnaval

Não é aquele que a arte (l)imita
Mas aquele que é original!


19.02.2012


CHRIS ISAAK – WICKED GAME

http://www.youtube.com/watch?v=UAOxCqSxRD0

sábado, 18 de fevereiro de 2012

QUEIMANDO PESTANAS

Nem o sol queimando pestanas me veste de paisagem
Amarro versos às so(m)bras das noites sem exemplo
Neste meu farejar constante de animal selvagem
Assobio aos Deuses para que me ergam um templo

Tenho um relógio de chuva a tilintar na minha cabeça
Trago nos olhos ácidos um rumor aceso da tua boca
Ao peito batida agitada que m’impede que adormeça
Mordem-me poemas nesta sede que me devora louca

Se me despes a alma despe-me também a pele, leve
O momento em que se une a areia com o sal do mar
Tocam-se os corpos num só abraço em cruz, breve

Pudesse eu o nosso amor de anil em fogo pintar
De quanta tinta escorre p’lo aperto qu’em mim ferve
Não teria qualquer dor na alma de tanto te amar.


THE GIFT – PRIMAVERA
http://www.youtube.com/watch?v=s7MqFg_luzM 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

FOTOS CONCERTO TARJA AULA MAGNA - LISBOA - DIA 15 FEVEREIRO 2012 - EU FUI :)


Antes do concerto




Tarja com a bandeira de Portugal








Mais fotos aqui:

O concerto foi FANTÁSTICO!

É bom saber que existem pessoas bonitas, talentosas e acima de tudo simpáticas e humildes.
A Tarja é o exemplo disso, sempre sorridente e atenciosa com o público.

Deixo algumas das minhas músicas preferidas dela:

TARJA - UNTIL MY LAST BREATH
TARJA - POISON
http://www.youtube.com/watch?v=frdSI6CR96o


PARA MIM O MELHOR FOI:
Tarja Turunen - Phantom of the Opera (feat. Alex Balakakis from Hannibal)
AULA MAGNA - LISBOA
http://www.youtube.com/watch?v=r9p7c3TxQtM&feature=related

DUAS CERTEZAS




Há uma certeza que tenho na vida
Não quero cultivar o meu eu anónimo
Mais uma coisa tenho como garantida
Não quero ser da solidão, sinónimo.
09.02.12

EVANESCENSE - WHAT YOU WANThttp://www.youtube.com/watch?v=OTLzWGIL-iI

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

SE NÃO ESCREVER MORRO


Se não escrever morro.


Ouviram?! Se não escrever morro!
Não me obriguem a pedir socorro.
Deixem-me escrever sobre coisa nenhuma
Deixem-me desfilar leve que nem pluma
Se não escrever morro.
Eu gosto de ser assim, louca
De gritar poesia até ficar rouca
Alimenta-me esta loucura infernal
Como se fosse uma entrega carnal

Se não escrever morro.

Louca, louca, louca
Senhora d'espécie primitiva
Infernalmente rouca
Mas de alma viva!


16.02.12

TARJA - FEEL IMMORTAL

http://www.youtube.com/watch?v=wMzHO2eHN58

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

ATÉ JÁ


Já o Fado havia anunciado a hora de partida
Quando gritava uma chuva de sangue
Multiplicando-se pelos meus olhos

Ténue
Deixaste que aquela noite de Inverno
Te vendasse o corpo todo
E tomasse conta de ti

Bem sei do sorriso de bronze
Com que me premiaste um dia
Pelo oceano rubro que te achei no peito
Sim, esse que agora levas em teu regaço
Donde sempre extraíste o licor da vida
Cultivado sem espinhos…

O silêncio que me ultrapassa
Não exclui a saudade nem a dor que carrego
Que se escapa entre os dedos duma palma
Deitada em chão de mármore

Poucas
Serão sempre as minhas palavras
Comparadas com o amor
Daqueles que partilham comigo
A mesma mágoa

Até sempre, não.
Digo-te: Até já!...

05.02.12

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

TRAGO OS OLHOS RASGADOS PELO ESTOJO DA TUA BOCA


Poisas na noite teu corpo morno
No teu peito meus olhos rasgados
Pelo estojo da tua boca contorno
A fome de tantos beijos dissipados

Sabor doce de frutos vermelhos a nu
Descem os lábios pelos prazeres da pele
Delícias de mil sóis de fogo, uva e caju
Naufragando no (po)mar de ondas e mel

Aragem salgada em corpos de girassol
Óleo de frutas (es)correndo solto pela ria
Paixão acesa com pitada de mentol

Enlaçam-se as mãos em forma de poesia
Bordam-se queixumes em torno do lençol
Estremecem estrelas em noite de fantasia.

13.02.12

O AMOR – HERÓIS DO MAR
http://www.youtube.com/watch?v=UPqIz7ymhFY

Um poema de amor (e paixão) num dia todo ele dedicado ao amor.
FELIZ DIA DOS NAMORADOS!


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

A SEDE QUE TRAGO DE TI


A sede que hoje trago de ti
Nasceu entre as ervas tenras
Quando pelo crepúsculo
Nos teus olhos desenhados de amêndoa
Mendigavam pétalas de papoilas rubras
Pelos anéis de fogo que me cresciam nos dedos
Que ao tocarem teu rosto de ameixieira fresca e pura
Uma boca escarlate plena de lábios se encostou à minha
Pernoitando sem pedir licença
Num beijo escorrido pelo orvalho
Que habitava em cada (re)canto de nós

Os lábios, o toque, a carne
O desejo a ferver, a terra em prantos
Murmúrios
Êxtase
Laço.

12.02.12
ROD STEWART- HAVE I TOLD YOU LATELY (TRADUÇÃO) -PAULO DARCYhttp://www.youtube.com/watch?v=GByyGL2AoFY


domingo, 12 de fevereiro de 2012

COM OS OLHOS (CHEIOS) DO MUNDO


A tudo o que vejo faço alergia
Parece impossível mas é verdade
Fico em pânico, transbordo fúria
Meus olhos enchem-se de falsidade

Pudesse eu fechá-los durante um tempo
Não hesitava em procurar outra sorte
Mas tenho a pisar-me a tod’o momento
Um inimigo chamado fantasma da morte

Resta-me a náusea em trapos de vaidade
Ardo em febre estou prestes a delirar
Queria solo fértil sem cultivo de maldade

Não me pisem mais, deixem-me sossegar
Já que não posso usufruir da liberdade
Matem-me logo, evitam de me maltratar!

09.02.12
EVANESCENCE - MY IMMORTAL

sábado, 11 de fevereiro de 2012

MORREM-ME POEMAS NA BOCA DO ALÉM



Quando um verso me quer desafiar o sono
Pés sorrateiros vêem a janela sem ninguém
Num sopro solta-se o peito ao abandono
Morrem-me poemas na boca do além

Os olhos contornam barcos em declive
As mãos vestem-se numa guerra de fendas
Em sufoco quase o corpo não sobrevive
A alma sedenta destina-se às emendas

Morrem-me poemas na boca do além
O aço que cobre o corpo é o único refém
Cortaram as raízes dum verso mudo
Deram-me um bilhete sem qualquer morada
Aquilo que um dia se resumiu a tudo
Hoje resume-se à palavra NADA!

10.02.12

Nightwish
- I Wish I Had an Angelhttp://www.youtube.com/watch?v=JwP63P-Y0Nc

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

MARTÍRIO DA VIDA


Diz-me, afinal de que te escondes tu?
A vida é muito mais que um filme nu
Embriagado numa maré d´olhos cegos
Em braços estilhaçados em terra batida
Equivalente a uma construção de legos
De uma ponta firme até à outra partida

Afinal de que te escondes?
Diz-me, porque não respondes?
A vida é bem mais que um filme louco
De pés vadios entre montes e vales
Num tempero ácido ao ouvido mouco
Qual será o sabor de tantos males?

Cansa-me pensar, só me dá trabalho
Sacudo-me aliviando meu espantalho
Porque mais que o martírio da vida
(Querer) romper as fronteiras da alma
Vence-me a ansiedade de cada despedida
Doença ruim, que atormenta a calma!

08.02.12
DULCE PONTES - LUSITANA PAIXÃO
http://www.youtube.com/watch?v=bau0Ilu5F6s


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

É CONTRA MIM QUE LUTO


É contra mim que luto
Insónias, insónias, insónias
Desaguam olhos entre prantos
Anseios, burburinhos, ardores

Foge-me a vida
A boca é órfã
Tropeço nas sílabas
Consomem-se as palavras
Consomem-me

Insónias, insónias, insónias
Morro e agarro-me às trevas
Silêncio.

Silêncio!
Deixem-me dormir profundamente!

Não quero o tormento do eco das sensações vazias
Sei de cor o labirinto do deserto
Que calco noite adentro pelas ruas da minh’alma

Insónias, insónias, insónias…
É contra mim que luto!

08.02.12

PEDRO ABRUNHOSA - MOMENTO
http://www.youtube.com/watch?v=2geKsE_1B5U

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

QUANDO EMPRESTAS À NOITE TEUS OLHOS DE SOL


Quando emprestas à noite teus olhos de sol
Agita-se a lua cheia numa dança latina
Visita-me um sorriso aceso em torno do farol
Que te leva um beijo à boca cristalina

Adivinho o sabor vivo a amora silvestre
Resgatado no campo de trigo afogado na ria
Duas asas de andorinha voam sem mestre
Pelas ondas do mar polvilhadas de sal e fantasia

Sussurras-me ao ouvido o quanto é bom sonhar
Num afago aquecido pelos teus olhos de sol
É mais do que viver, é simplesmente amar

Sem nunca esquecer a cor rubra do arrebol
Abraçando a pele na noite ficamos poisados
Nos lábios perdidos, na alma encontrados…

07.02.2012

DINA – AMOR DE ÁGUA FRESCA
http://www.youtube.com/watch?v=DqEtNIRyDSo


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

AMOR EM FLOR


Fui pelos teus olhos em flor
Desci aos lábios e te beijei
No cais colhi o fruto d’amor
Metade de mim encontrei

O teu corpo forrei de linho
Com a tua pele fiz a minha
Sou pássaro pedindo ninho
Comboio arrojado na linha

Vagueei em veludo e algodão
Entre o fogo, a água e o sol
Resgataste o meu coração
Ficou rubro o nosso lençol!


28.01.12

BEAUTIFUL – CHRISTINA AGUILERA
http://www.youtube.com/watch?v=eAfyFTzZDMM&ob=av2e

HOJE COM SAUDADES DE OUTRORA


Já trouxe rosas vermelhas acesas nos olhos
Agora gélidos à esquerda do peito

Adormeço no chão de pedra todas as noites
Tocando na ferida que queima e não (tem) cura

Toco-te…
Toco-te o rosto de malmequer
Pelas lembranças da alma
Toco-te os lábios folha de hortelã
E sei de cor o seu licor
Num poema
Um dia declamado ao sol
Na boca anil do céu

Ainda que o relógio esteja parado
 Entre a penumbra
Não se apaga a tatuagem do ventre
Nem a aliança dos corpos…
Sinal de como era mágico
Caminhar sem medo em plena tempestade

Hoje…
Esqueci a morada de todos os beijos que te dei
Afogados num manancial sem rumo
Manchando o sorriso que quer espreitar

Hoje…
Distante está o laço das mãos
Como distante está o tempo
Abraçado no seio duma pele de aroma lavada
Poisada outrora
Num olhar de mel.

04.02.12

ZUCCHERO &
PAUL YOUNG - SENZA UNA DONNA(SUBTITRAT ROMANA).WMV
https://www.youtube.com/watch?v=0mAZRgcR5HY

domingo, 5 de fevereiro de 2012

CONTRATEMPO


As noites são todos os meus dias
Vestida tenho a alma de luto
Trago as minhas mãos vazias
Sou só uma árvore sem fruto

Aquilo que hoje me consome
É só chuva levada pelo vento
Nem dá para matar a fome
Nem sou sol por um momento

Numa bússola contra o tempo
Nem sequer me ponho de pé
Perco-me entre o movimento
Pois aquilo que não sou, ele é!...


29.01.12

DURAN DURAN – ORDINARY WORLD
https://www.youtube.com/watch?v=dDLiVwpv89s&ob=av2e

sábado, 4 de fevereiro de 2012

FOGEM AS PALAVRAS NA BOCA DUM VERSO



Embelezo tua nuca entre grinaldas
Áureos são teus lábios de aveia pura
Viajo pelos teus olhos de esmeraldas
Desapertando o arco-íris de candura

O voo da águia faz pausa no meu peito
Deita-se um beijo eterno em seu redor
Caindo no seio de um poema perfeito
Nas asas de fogo da palavra amor

Dá-se o enlace de cetim entre os dedos
Fogem as palavras na boca dum verso
Desnuda-se a pele sem mais segredos
Inventa-se a chama num corpo submerso

Há uma noite que não quer acordar
Das águas mornas que habitam a fonte
Há um cântico que adormece ao luar
Com um nó extasiado no horizonte!...


03.02.12


LIKE A PRAYER - MADONNA
http://www.youtube.com/watch?v=O-simsWIMl8


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

ILHA DE AMOR


Em murmúrios ao ouvido na ilha dos amores
A noite despe suas vestes dedilhando chocolate
Nu(m) pôr-do-sol provam-se mil e uma cores
Mar adentro fervilham os corpos em escarlate

Serpenteiam madressilvas entre prantos
Estende-se o lençol sobre uma carne a dois
Lábios nos lábios ao colo de desejos tantos
Num olhar de pétalas repleto de girassóis

Rompe em fogo lento a aurora
O alaúde em uníssono se faz escutar
(Es)correm os poços vento fora
Enternecidos a amar, amar, amar…

02.02.12


 MICHAEL BUBBLE - EVERYTHING

http://www.youtube.com/watch?v=SPUJIbXN0WY

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

GUERRA DOS CORPOS


Pelos ramos em flor da primavera
Somos sementes lançadas à terra
Ascendemos pelo tronco da hera
Declaramos ao céu de fogo, guerra

Trazemos da lua os olhos cheios
Girassóis poisam na nossa boca
Corpos em queixumes e anseios
Jardim em maré de febre louca

Com sabor a mar chovem delícias
Guerra dos corpos no horizonte da pele
Abraços em lábios de plenas carícias
Bebendo gota a gota o poço de mel

Desperta em nós o sol entontecido
Nas estrelas o rouxinol ensaia o hino
Num corpo a corpo em aço fundido
Num vai e vem pelo cais do destino…


29.01.12

KINGS OF LEON – SEX IS ON FIRE
http://www.youtube.com/watch?v=RF0HhrwIwp0&ob=av2n


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

EM PAPEL VEGETAL


Tu, lápis que cospes pelo meu corpo maquilhagem
És meu borralho no mapa distorcido em farrapos
Nas tuas grossas vestes despe-me longa miragem
Meus olhos retalhados morrem (des)feitos papos

No contra-ataque do suor que me corre nas veias
Enfrento pelas frestas da janela o meu esqueleto
Entre minha alma de elástico em profundas teias
Trago as mãos entrelaçadas em busca do amuleto

Em papel vegetal trespassam-me ventos e moinhos
Cresce no cárcere da boca a sede dum verbo derrotado
Rebenta a borracha esborratam-se meus caminhos
Não consigo dizer mais deste quadro mudo inacabado.
30.01.12

SIMONE DE OLIVEIRA – SOL DE INVERNO
http://www.youtube.com/watch?v=HsAbEjCh8oU
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...