BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

BANALIDADES

A música tornou-se vulgaridade
Já nem a sinto quando ouço
É como os trovões da tempestade
Que me entram sorrateiros no bolso

O futebol tornou-se futilidade
Já nem assisto a nenhum jogo
É como ouvir os políticos
Dizerem tudo menos a verdade
É como ver o bombeiro
Com a água ir apagar o fogo

Maior banalidade ainda é a morte
Todos temos a mesma sorte
É como querer ser imortal
Sabendo que o Fado é fatal

Estou exausta de coisas banais
Que falta de originalidade
Prefiro ver a diversidade
De todos os animais!
19.11.11

STATE OF SHOCK – DIFFERENT DAY
https://www.youtube.com/watch?v=bAfm-E1kCYs
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...