BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

MORRI AO ESQUECER DE MIM



Olhando entre as frestas da penumbra
Rastejo contra a vasta solidão
Grito atingindo lentamente
Um rasgo de sol que me queima
Sufocando-me a respiração

Morri ao esquecer de mim.

Rasto de vida
Nem a largas passadas
Só o vidro baço
Em águas furtadas

Morri ao esquecer de mim.

O meu nome há muito esqueci
Se já fui já não sou
Por isso matem-me, morri.

Morri ao esquecer de mim.
Olhei de lado o princípio, o meio
E só agarrei o fim.

06.11.11

MARLON ROUDETTE - NEW AGE
-> http://www.youtube.com/watch?v=Jk5kYjD9E1I
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...