BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

domingo, 30 de outubro de 2011

UM POEMA TRISTE



O lápis de carvão rabisca
Gotas do céu devastado
A solidão o olho pisca
Deixando o rosto inundado

Deixando o rosto inundado
A gota do céu insistiu
Não voou para outro lado
Continuou e progrediu

Continuou e progrediu
Até que o rosto abalou
Nunca mais sorriu
O coração quebrou

O coração quebrou
Encharcado em água
Ninguém mais o colou
Com tanta mágoa.


28.10.11

BEYONCÉ - LISTEN
à http://www.youtube.com/watch?v=6MFjSOwIkH4&feature=related
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...