BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

FRAGILIDADE TRANSPARENTE




Sou uma lente de contacto
Tocada por qualquer tacto
Movo-me pelo vento
E pela fragilidade do momento

Sou uma leve pena
Muito, muito pequena
Que ao olhar para trás
Aos poucos se desfaz

Sou vidro quebrado transparente
Sou água pura da nascente
Sou uma lágrima nua
Que se rege
Pelo brilho da Lua.


16.10.2011

JORGE PALMA – FRÁGIL
-> http://www.youtube.com/watch?v=Cl7T6u01NsM&feature=related
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...