BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

domingo, 18 de setembro de 2011

ARREPIOS NA ALMA


















Estou com uma sensação de frio
Perco-me no vazio
Aconchego-me nos cobertores
Que não me acalmam
Nem me levam as dores
E eu sei porquê
São arrepios na alma
Não no corpo
Mas que se estendem até ele
E se apoderam dele

Arrepios gelados
Arrepios calados
Que me atacam
Que me comem
Que me matam
E me consomem

Lacunas minhas
E não tuas
Lágrimas nuas
Desfeitas nestas linhas

Eu sei que peco
Sou assim
Engulo em seco
Guardo para mim
Ponto final
Fim

11.09.2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...