BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

PRETEXTOS

Estávamos numa festa
Quando trocámos um olhar
Desde que te vi
Gostei logo de ti
Não hesitei
Convidei-te para dançar

Na altura foi o que me lembrei
Só depois pensei:
“Ai o que eu fui fazer
Eu nem sei dançar
No que acabei de me meter”
Mas queria-te conquistar…

Tu estranhaste a pergunta
E ficaste envergonhado
Com tanta gente junta
Fugiste comigo para outro lado…

Tentaste-te justificar
Que não gostavas de confusão
Quando pretendias afirmar
Que tinhas sentido atracção…

No teu olhar me prendi
E logo percebi
O que querias dizer
Aliás, fazer…

Acabámos rendidos um ao outro
Beijámo-nos ao mesmo tempo
Sem arranjar mais desculpas
Apenas desfrutámos do momento

03.09.2011
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...