BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

HÁ DIAS ASSIM


Peniche, Agosto 2011




























Já sorri sem ter vontade
Já magoei sem necessidade
Já tropecei em alguém
Já quis mal a quem me quer bem

Já chorei a reclamar liberdade
Já me declarei demonstrando sensibilidade
Já senti sem ter certeza
Já tirei ao amor toda a sua beleza


Já ateimei sem ter razão
Já troquei a cabeça pelo coração
Já omiti p’ra não dizer a verdade
Já corri p’ra fugir da falsidade


Já fiz sofrer por amor
Já ultrapassei a perda e a dor
Já olhei de lado as coisas más
Já deixei o orgulho p’ra trás


Já da vida tirei mais que uma lição
Já vi o mundo com outra visão
Já parei p’ra pensar
Já necessitei de me afastar


Já achei que ia fraquejar
Já cai e já me levantei
Já com uma só palavra ajudei
Já consegui em mim acreditar


Já tive medo e já me escondi
Já tive coragem e assumi
Já fiquei mal por minha culpa
Já inventei mais do que uma desculpa


Já pensei que não era capaz
Já errei e tentei voltar atrás
Já achei que ia perder
Já lutei e acabei por vencer

24.08.2011
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...