BEM-VINDO(A) AO BLOG DE JESSICA NEVES *





(ÉS O MEU) LIVRO ABERTO

Desfolho-te como seda
Coberta de lantejoulas
Afasto a cortina lentamente
Pedaço a pedaço
Que bom é ler-te
Entre o jardim banhado em mel
E a cascata desnudada
No horizonte da tua sombra
Aragem perfumada de canela
Com pitada de pimenta
Ler-te é cegamente
Aquilo que me alimenta
Nas entranhas do meu ser.

25.09.2011











Aprecie as pequenas coisas da vida. São as mais belas e as mais intensas. Lembre-se que essas são as melhores.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

GOTAS DE ÁGUA











Gotas de água
Me escorrem pela face
Com muita mágoa
Espero que tudo passe

Mente perdida
Gota persistente
Que cai lentamente
No meu rosto sem vida
Que me impede de ser gente

Gota que cai
Que perdura
Lágrima que não sai
Que só o tempo cura
Gota transparente
Que não me deixa ir em frente

Lágrima amarga
Com uma pesada carga
Sob o meu rosto
Que se encontra deposto

02.08.2011
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...